CARMEN LÚCIA REIS RODRIGUES

Lattes

  

 

 

Possui graduação em Licenciatura em Letras pela Universidade Federal do Pará (1987), D.E.A. em Lingüística Teórica e Formal - Université Paris VII/Denis Diderot (1990) - e Doutorado em Lingüística Teórica e Formal - Université Paris VII/Denis Diderot (1995). Atualmente é professora adjunto da Universidade Federal do Pará. Tem experiência nas áreas de Língua Portuguesa e Lingüística, com ênfase em Lingüística Descritiva, atuando principalmente nos seguintes temas: línguas indígenas (Tupí), língua xipaya, fonética-fonologia, morfologia, sintaxe e estudos histórico-comparativos.

 

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

 

 

 

 

MARILEIDE MORAES ALVES

Lattes

  

 

 

 Possui graduação em engenharia quimica pela Universidade Federal do Pará (1995), mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Pernambuco (1998) e doutorado em Engenharia Química (área de concentração: Reatores e catálise) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2005). É professora associado da Universidade Federal do Pará, fazendo parte da Faculdade de Engenharia de Pesca (FEPESCA), Campus Bragança. É professora das disciplinas do eixo de Tecnologia do Pescado, Química e Bioquímica. Desenvolve pesquisas com resíduos sólidos oriundos da cadeia produtiva do pescado, bem como elaboração e otimização de produtos à base de pescado. É tutora do Programa de Educação Tutorial da Engenharia de Pesca - PET Pesca (desde novembro/2012).

 

E-mail:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

 

SALOMÃO ANTÔNIO MUFARREJ HAGE

Lattes

 

 

 

 

Possui graduação em Agronomia (1982) e em Pedagogia (1987), mestrado em Educação: Supervisão e Currículo (1995), Doutorado Sanduíshe pela Universidade de Wisconsin-Madison (1999) e doutorado em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). É professor do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Linguagens e Saberes da Amazônia. É bolsista produtividade do CNPq. Coordena o Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia, Integra a Coordenação do Fórum Paraense de Educação do Campo e Coordena a Escola de Conselhos Pará: Núcleo de Formação Continuada de Conselheiros Tutelares e de Direitos da Amazônia Paraense. Na área de Educação, privilegia as seguintes temáticas: educação do campo, políticas educacionais, educação de jovens e adultos, currículo e formação de professores na Amazônia.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

 

TABITA FERNANDES DA SILVA

Lattes

 

 

  

Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal do Pará (1992), mestrado em Letras (Lingüística ) pela Universidade Federal do Pará (2001) e doutorado em Linguística pela Universidade de Brasília (2010). Atualmente é servidor público da Universidade Federal do Pará. Atualmente atua como coordenadora do Programa de Pós-Graduação Linguagens e Saberes na Amazônia com sede de atuação no Campus de Bragança da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Linguística Histórica e Línguas em Contato, atuando principalmente nos seguintes temas: Variação e mudança linguistica, contato lingüístico.

 

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.