O PPLSA parte da necessidade do trabalho interdisciplinar entre as Linhas, a fim de fomentar pesquisas sobre os problemas histórico culturais na Amazônia, na compreensão de teorias, metodologias e método visando desvelar os objetos estudados. A área de concentração única, Linguagens e Saberes, visa à análise das experiências relacionadas aos repertórios relacionados aos saberes, linguagens e culturas, como realizações de práticas sociais, os âmbitos e dimensões de suas representações e a socialização dos conhecimentos produzidos, observando-se a interação dos sujeitos com e sobre o meio na Amazônia. Para alcançar tais propósitos é imperativo superar os limites do conhecimento disciplinar para uma discussão interdisciplinar teórico-prática, necessária para se compreender e buscar soluções para os fenômenos sociais manifestados na sociedade capitalista. 

Linhas de Pesquisas:

NARRATIVAS E IMAGENS NA AMAZÔNIA

Reúne estudos no âmbito da literatura e história oral e ou escrita na Amazônia que objetivam reflexões narratológicas, imagéticas e memorialísticas, em vista de gêneros textuais diferentes (romances, relatos, depoimentos, documentos, imagens). A proposta da linha é repensar o diálogo interdisciplinar sob os aspectos da factualidade/ficcionalidade e das novas linguagens midiáticas, artísticas e tecnológicas. Abriga, portanto, projetos de pesquisa voltados à compreensão dos processos bibliográficos e etnográficos, no repertório da Amazônia como alvo/fonte de produções discursivas em diferentes esferas da linguagem humana. Eixo: Narrativa, memória e imaginário na Amazônia. Eixo: Identidade, imagem e oralidade nas culturas amazônicas. Eixo: Sociedade, religião e diversidade de gênero na Amazônia.

 

EDUCAÇÃO, LINGUAGENS E CULTURAS NA AMAZÔNIA

A Linha de pesquisa favorece a interação das diferentes áreas do conhecimento e o desenvolvimento da pesquisa interdisciplinar, possibilita a interação dos Docentes em estudos relacionados à educação e linguagens enquanto resultado da construção sociocultural, econômica e política. As discussões dos processos de produção de conhecimentos, saberes, práticas educativas e linguísticas nos territórios amazônicos. Os eixos que orientam as pesquisas envolvem aproximações entre educação, linguagens e subjetividades, nos modos de produção de vida e cultura, nos processos educativos, currículos, formação de professores, relações étnico-raciais, infâncias e de gêneros, possibilitando um amplo diálogo entre os diferentes conhecimentos e representações socioculturais encontradas nas diferentes territorialidades amazônicas  e de suas configurações históricas, sociais e culturais. Eixo: Linguagens, territorialidades, interculturalidade e educação na Amazônia. Eixo: Currículo e Formação de Professores, Relações Étnico-Raciais, Infâncias nas territorialidades amazônicas.

 

SAÚDE E SOCIOBIODIVERSIDADE NA AMAZÔNIA

Estudos interdisciplinares sobre saberes, linguagens, práticas, culturas, saúde e ambientes de grupos e comunidades que configuram a sociobiodiversidade amazônica, nas suas dimensões e relações. Eixo: Saberes, ambientes, tecnologias e práticas produtivas na Amazônia. Eixo: Saberes, culturas, saúde e ambientes amazônicos.