Título: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE AGRICULTORES SOBRE OS PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO E AS IMPLICAÇÕES NOS MODOS DE VIDA E PRODUÇÃO DO SUJEITO DO CAMPO AMAZÔNIDA BRAGANTINA

Autor(a): João Plínio Ferreira de Quadros

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 02/08/2021

Horário: 14h 

 

Título: A TORTURA REPRESENTADA NOS CONTOS O FATO COMPLETO DE LUCAS MATESSO, DE LUANDINO VIEIRA, E O LEITE EM PÓ DA BONDADE HUMANA, DE HAROLDO MARANHÃO 

Autor(a): Maria Genailze de Oliveira Ribeiro Chaves

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 16/06/2021

Horário: 15h 

 

Título: PRÁTICAS ALIMENTARES E FABRICAÇÃO DO CORPO NO RITUAL DA FESTA DA MOÇA NA ALDEIA YTAPUTYR DA TERRA INDÍGENA ALTO RIO GUAMÁ

Autor(a): Luiz Carlos Cruz Cunha

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 17/05/2021

Horário: 09h 

 

Título: APOÉTICA ORGÂNICA DA PEÇA FATOS E LENDAS CHAMADOS QUINTINO, DO GRUPO DE TEATRO MAMBEMBE

Autor(a): Antônio Magno Gomes do Livramento

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 13/05/2021

Horário: 17h

 

Título: CRIANÇAS E O TRABALHO NA CASA DA FARINHA NA COMUNIDADE DO QUILOMBO DO AMÉRICA DA AMAZÔNIA BRAGANTINA

Autor(a): Deyverson Luener de Oliveira Ferreira

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 11/05/2021

Horário: 16h

 

Título: DOS SABERES LOCAIS DE PESCADORES DE CARANGUEJO-UÇA AO MANGUEZAL: A RESEX-MAR DE TRACUATEUA, COSTA AMAZÔNICA BRASILEIRA

Autor(a): Daniel Gomes de Sousa

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 29/04/2021

Horário: 09h

 

Título: AS RELAÇÕES SOCIAIS DE GÊNERO NAS ATIVIDADES AGROEXTRATIVISTAS: O QUE É DE HOMEM E O QUE É DE MULHER NO CONTEXTO DE VILA QUE ERA, BRAGANÇA-PA

Autor(a): José Dias Santana

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 22/04/2021

Horário: 09h

 

Título: IMAGEM & PALAVRA: A infância marginalizada em Castanha do Pará

Autor(a): Ellen Aline da Silva de Sousa

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 13/04/2021

Horário: 18h

 

Título: UM ESTUDO ETNOLINGUÍSTICO DOS ARTEFATOS CULTURAIS DA COMUNIDADE TRADICIONAL QUILOMBOLA DE JURUSSACA, TRACUATEUA, PA

Autor(a): Adriane Beatriz Lima de Souza

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 06/04/2021

Horário: 09h

 

Título: AS PRÁTICAS PRODUTIVAS AMBIENTAIS EM COMUNIDADES COSTEIRAS, NORDESTE DO PARÁ, AMAZÔNIA BRASILEIRA

Autor(a): Giselle da Silva Silva

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 25/03/2021

Horário: 10h

 

Título: O SABER-FAZER DAS GARRAFADAS  E AS PRÁTICAS DE SAÚDE DAS PROFISSIONAIS DO SEXO NO NORDESTE PARAENSE

Autor(a): Genilson Fernandes Monteiro

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 16/03/2021

Horário: 10h

 

Título: A FARINHA, O PEIXE E A CAÇA NOSSA DE CADA DIA NA COMUNIDADE QUILOMBOLA SÃO JOSÉ DO PATAUATEUA, MUNICÍPIO DE IRITUIA-PA

Autor(a): Geisa Bruna de Moura Ferreira

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 12/03/2021

Horário: 10h

 

Título: ‘ESPIRRO DA MORTE’: A GRIPE ESPANHOLA NA CIDADE DE BRAGANÇA-PARÁ (1918)

Autor(a): Silviane de Carvalho Farias

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 09/03/2021

Horário: 09h

 

Título: A RODOVIA FANTASMA: A PERIMETRAL NORTE COMO RODOVIA DE INTEGRAÇÃO, HISTÓRIAS E CONFLITOS

Autor(a): Paulo Nilber Ribeiro da Costa

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 18/02/2021

Horário: 09h

 

Título: “PUZANGAS DE AMARRAÇÃO”: SABERES E SEDUÇÃO DA PROSTITUIÇÃO NA AMAZÔNIA BRAGANTINA

Autor(a): Driene de Nazaré Silva Sampaio

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 11/02/2021

Horário: 16h

 

Título: AÇÕES AFIRMATIVAS NAS RESERVAS EXTRATIVAS (RESEX) DA COSTA AMAZÔNICA BRASILEIRA

Autor(a): Raul da Silveira Santos

Local: Defesa online conforme recomendações da CAPES

Data: 20/01/2021

Horário: 15h

 

O Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia – PPLSA, tem honra de convidá-lo para o II SEMINÁRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DO PPLSA E I WORKSHOP INTERDISCIPLINAR: NARRATIVAS, EDUCAÇÃO, SAÚDE E SOCIOBIODIVERSIDADE NA AMAZÔNIA, a ocorrer nos dias 27 e 28 de outubro, no horário de 8h30 às 18h00, via Plataforma google meet.

Para Capes a Autoavaliação do Programa compõe um item da Nova Ficha de Avaliação, dando peso ao Quesito Programa na Avaliação Quadrienal da Capes, sendo necessária a participação de docentes, discentes e egressos do PPLSA.

O Seminário objetiva monitorar a qualidade do Programa, seu processo formativo, produção de conhecimento, atuação e impacto político, educacional, econômico e social, com foco na Formação discente pós-graduada na perspectiva da inserção social, científica, tecnológica, profissional, presencial e/ou a distância do Programa.

Nesse Seminário o Programa pode propor um delineamento de autoavaliação apto a captar aspectos pertinentes a sua missão e seus objetivos, incluindo aqueles relativos à sua inserção no contexto social/internacional e as suas escolhas científicas específicas.

Trata-se, na prática, de colocar em ação o elementar processo de detectar pontos fortes e potencialidades, tanto quanto discriminar pontos fracos do Programa e prever oportunidades e metas. Deve-se estabelecer estas metas com clareza e de forma tanto quanto possível participada, para que todos ou a maior parte da comunidade acadêmica se perceba representada.

Abrir Programação 

O PPLSA torna público que, no período de 01 a 30/10/2020, estarão abertas as inscrições para dois Processos Seletivos do Curso de Mestrado Acadêmico em Linguagens e Saberes na Amazônia.

  • Edital 02/2020-Retificado para o preenchimento de 19 (dezenove) vagas de Livre Concorrência

  • Edital 03/2020, para o preenchimento de 06 (seis) vagas de Ações Afirmativas, exclusivo para candidatos indígenas, comunidades tradicionais e pessoas com deficiência(s) (PcD).

Para mais informações CLIQUE AQUI

 

 

 

A Nova Revista Amazônica foi incluída em mais 2 (duas) bases indexadoras: o Sumarios.org (Sumários de Revistas Brasileiras) e o DOAJ (Directory of Open Access Journals). 

O Sumarios.org é uma base indexadora de periódicos científicos brasileiros, mantido pela Fundação de Pesquisas Científicas de Ribeirão Preto (FUNPEC-RP), desenvolvido com o apoio do IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciências e Tecnologia. A base de dados tem por objetivo ampliar e divulgar a produção científica das revistas brasileiras.

O DOAJ (Directory of Open Access Journals) é um indexador com abrangência internacional que fornece acesso aberto a conteúdos de revistas com alto nivel científico e acadêmico. A partir de agora, a produção científica-acadêmico-cultural da Nova Revista Amazônica também estará disponível para acesso nesta plataforma.

O Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA), em nível de Mestrado, está vinculado ao Campus Universitário de Bragança, da Universidade Federal do Pará, e tem por finalidades a formação continuada e o fomento da prática investigativa de profissionais portadores de diploma de Nível Superior, que sejam capazes de atuar no ensino de Graduação e de Pós-Graduação, na gestão e na intervenção cultural especializada, tendo como objetivo precípuo estudar, a partir de movimentos endógenos e exógenos, as diversas representações e práticas que perfizeram e perfazem as várias configurações das culturas da/na Amazônia, mediante a compreensão das diferentes formações discursivas, em diferentes linguagens, e suas correspondentes condições sociais e históricas de produção, tendo como objetivos fundamentais: 

I - investigar as diferentes formas discursivas, em diferentes linguagens, sobre e na Região Amazônica; 

II - mapear e compreender as imbricações epistemológicas dos saberes locais e saberes universais, a partir da tensão entre as componentes internacionais, nacionais e regionais, coloniais e pós-coloniais; 

III - estabelecer a descentralização da produção de conhecimentos sobre a Amazônia; 

IV - propor estudos críticos da realidade local; 

V - propor práticas interdisciplinares de estudo das realidades locais; 

VI - fomentar propostas de coparticipação entre academia e comunidade no equacionamento de tensões e conflitos sociais e culturais.